Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Notícias

ADIADOS: PROCESSO SELETIVO E CONCURSO

O edital do processo seletivo para agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias da prefeitura foi suspenso, porque o município constatou uma alteração na lei federal 13.595, para a ocupação desses cargos. A prefeitura teve que adequar a lei e enviar o projeto de lei à câmara para que seja votado e aprovado. A reportagem GP conversou com o secretário de gestão pública, José Leonardo Martins Pinto, que explicou melhor tudo o que aconteceu. Veja.
“Tivemos que publicar uma suspensão do processo seletivo, pois publicamos o edital em janeiro, mas o governo federal alterou uma legislação sobre os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate a endemias, que são duas vagas do processo seletivo. Com isso, nós tivemos que adequar a legislação municipal. Enviamos o projeto de lei para a câmara para fazer essa adequação, por isso, tivemos que suspender o processo seletivo temporariamente, até que essa lei seja aprovada. Assim que for aprovada, reabriremos as inscrições. Há dois processos abertos: o processo seletivo e o concurso público, que são diferentes. O processo seletivo são para cargos temporários, que suprime determinada demanda que a prefeitura tem. Já o concurso público é para a pessoa ocupar um cargo como funcionário público de carreira,” explica José Leonardo Pinto.

O QUE FOI ALTERADO? - “A alteração se deu, porque para esses dois cargos o nível de escolaridade exigido era o ensino fundamental completo, mas o governo federal agora está exigindo o ensino médio completo. Ou seja, esse não é um problema só de Pará de Minas, aconteceu também na prefeitura de Divinópolis. Agora, aquelas pessoas que fizeram a inscrição para esses dois cargos e não têm o ensino médio completo vão poder pedir a restituição do valor da inscrição. O processo seletivo será adiado, mas haverá a abertura novamente. Então, aqueles que perderam o prazo poderão fazer novas inscrições. Como é apenas uma empresa que está fazendo o trabalho do processo seletivo e do concurso público, pode haver um novo cronograma e, talvez, adiar um pouco no concurso também, mas será um atraso de poucos dias. Discutiremos com a Fundeb e vamos esperar a lei ser aprovada pela câmara, para publicarmos o novo edital com todas as alterações e reabrir as inscrições.”


Mais da Gazeta