Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Giro Policial

SABÃO OMO E BRILHANTE FALSIFICADOS NA CIDADE


A PM recebeu denúncia de que havia uma movimentação estranha em outra possível fábrica clandestina de sabão em pó, no bairro Dom Bosco. Diante das informações, foi montada uma operação por diversas viaturas, para realizar abordagem no endereço apontado pela denúncia. No local, as equipes depararam com um caminhão baú saindo carregado com 12 toneladas de sabão em pó. Questionado, o condutor, 32, apresentou notas fiscais com indícios de falsificação e foi detido. Dentro do galpão foram detidos outros seis homens, 19, 29, 37, 31, 46 e 46, todos de Nova Serrana/MG. Também foram encontrados uma vasta quantidade de sabão em pó com embalagem da marca Omo e Brilhante, totalizando aproximadamente 20 toneladas. Durante a operação, outro homem, 47, chegou no local em uma caminhonete e confessou ser o responsável pelo local, sendo detido juntamente com os outros. Segundo os detidos, o material não seria produzido no galpão, mas era originário do estado da Bahia e que eles apenas embalavam e destinavam para o comércio da região metropolitana de Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Além do sabão em pó, foram localizados muitos documentos de contabilidade, diversas embalagens de Omo e Brilhante, uma linha de produção para a embalagem muito bem organizada com maquinários de 1ª linha, como esteiras industriais, uma empacotadora, uma empilhadeira que era utilizada pelos suspeitos. Tudo foi apreendido, juntamente com o caminhão baú e outros dois veículos que estavam no local. A perícia técnica esteve no local, realizando seus trabalhos. Após a liberação do local, todo o material foi apreendido e os abordados foram conduzidos para a delegacia da PC - Polícia Civil.


Mais da Gazeta