Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1931
Pará de Minas 18/08/2022


exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

AFINAL, ONDE ESTÁ A VERDADE SOBRE O “FECHAMENTO” DA COOPARÁ?

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

WANDERCY CORREA STEIN, 85
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“A GAZETA sempre mantém a população pará-minense atualizada, com informações precisas!”
CARLOS ALBERTO DE MOURA MORATO, empresário.

Sindijori

MONTES CLAROS REGISTRA 1,6 MIL SEM NOME DO PAI

Uma campanha nacional desenvolvida pelo Colégio Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Gerais (Condege) acaba de revelar que entre 1º de janeiro de 2016 a 3 de março de 2022, foram registrados 39.421 nascimentos no município de Montes Claros. No período, 1.676 crianças foram registradas sem os nomes dos pais. Em todo o País, apenas de janeiro de 2021 a janeiro de 2022, cerca de 168 mil crianças foram registradas no País sem o nome do pai. As regiões Sudeste e Nordeste concentram o maior volume de ocorrências: juntas elas respondem por 65% do total. Mas é no Norte onde há proporcionalmente mais casos: o pai está ausente em 8% das certidões de nascimento. (Jornal de Notícias – Montes Claros) 


Mais da Gazeta