Selo GP ANO 37 - Nº 1865
Pará de Minas 06/05/2021
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
Selo GP ANO 37 - Nº 1865
Pará de Minas 06/05/2021
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e imparcialidade, desde 84

GENTE PENSANTE 


15/04/2021 | Colunista
<p>

<p><b>GENTE PENSANTE </b></p><br></p>

VEJA NA EDIÇÃO 1862: NAS BANCAS DE 16/04 A 22/04. DEPOIS, SÓ NA GAZETA. Veja também a crônica deste mesmo colunista da edição 1861 abaixo: 

SERÁ QUE, FINALMENTE, A TERRA VIVERÁ A TÃO PROPAGADA NOVA ERA?

Na cidade goiana de águas vulcânicas, 4 empresários bebiam e conversavam, de madrugada, na descoberta piscina de água morna, com espetacular lua cheia decorando o céu, enquanto seus familiares dormiam ou assistiam séries da Netflix. O vapor da água gerava espessa neblina até nas potentes e altíssimas lâmpadas dos holofotes. Disse o empresário de riso fácil:

- Vocês viram o noticiário de ontem? O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Édson Fachin, resolveu, sozinho, anular todas as condenações contra o Lula, devolvendo ao ex-presidente a condição de ficha limpa, o que lhe permitirá participar da próxima eleição presidencial.

Completou o empresário mais sério:

- Eu vi. Fachin acolheu recurso da defesa de Lula e disse que a 13ª Vara Federal de Curitiba/PR não era o foro adequado, para julgar os processos do ex-presidente. Dessa forma, anulou todas as condenações e também os recursos que questionavam a brilhante atuação do juiz Sérgio Moro, na Lavajato. O cara foi aplaudido de pé no Brasil e até no exterior!

Falou, então, o empresário mais agitado:

- É, mas essa fila já andou, viu? Antes de descer pra cá, eu vi na televisão que esse Viva Lula durou apenas de ontem para hoje, porque o julgamento será feito ainda por uma corte superior e isso pode levar anos. Não prestei atenção direito, mas, pelo que entendi, voltou tudo à estaca zero.

Aí, lamentou o empresário espírita:

- Candidato ou não em 2022, o que mais me assusta nessa história toda não é nem essa questão do Lula. O que me decepcionou de verdade, como se não bastasse as decepções que eu tive com o Collor, José Dirceu e a Dilma - só para citar alguns - foi o juiz Sérgio Moro, quando ele deixou a magistratura, em 2018, ao aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro, para se tornar Ministro da Justiça e Segurança Pública. A minha decepção foi maior ainda do que, quando vazaram, por meio de um hacker, aquelas conversas partidárias dele com o Ministério Público. Escorregou feio... Enfim, nenhum juiz é Deus, como quase todos eles acham! (risos).

Novamente, falou o empresário de riso fácil:

- É muita merda para um país só. Ter de viver tudo isso, em plena crise do coronavírus, com o Brasil dando exemplo de pior do mundo no combate à covid. 

Aprofundou o empresário espírita:

- Aproveitando que você falou desse terrível e necessário vírus, há muitos anos fala-se que já estávamos perto da chegada de uma Nova Era, quando a maior parte da população mundial iria desaparecer da Terra, para acontecer uma necessária limpeza e começar um novo ciclo...

Perguntou o empresário agitado:

- Você acha, então, que estamos no fim do mundo?

- Eu não disse fim do mundo, porque a Terra continuará, só que com apenas 1/3 da atual população. Mas quem ficar terá de construir um novo caminho, “como fazem as aranhas, que retiram os fios dentro de si mesmas para, então, ficar dependurados sobre este abismo que é viver!”

E você, já passou pela sua cabeça que podemos estar vivendo o início de uma Nova Era? Uma boa leitura!



O editor GP escreve mais uma crônica: “o Angelo está doente?”  “Por que acabaram com a coluna dele?”


Mais da Gazeta

Exclusivo

QUEM FOI


NÉLSON MELO FRANCO?
<p><p><b>QUEM FOI</b></p><br></p>

ADORO O GP JORNAL

“A GAZETA é um meio de comunicação completo, pois traz informações e faz eventos, para todos nós, pará-minenses!”
FLÁVIO JOSÉ DE ABREU DAVID, suinocultor e avicultor
Adoro o GP Jornal