Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1929
Pará de Minas 04/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“O GP Jornal traz informações corretas, com toques de criatividade e alegria, fazendo agradável a leitura!”
DENY OSWALDO DE ALMEIDA LEITE, contador.

Notícias Prefeitura

ELETROCARDIOGRAMA EM AMBULÂNCIA DO SAMU


No dia 1° de março, o secretário de saúde Wagner Magesty esteve em Divinópolis/MG para tratar de assuntos referentes ao Samu. Um dos assuntos em pauta foi a implantação de um projeto piloto em Pará de Minas. A reportagem GP conversou com ele. Veja.

“Tivemos uma reunião na diretoria do Cis-Urg - Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência, que é o consórcio que administra o Samu e discutimos vários assuntos, sendo que um deles é uma novidade. Pará de Minas fará parte de um projeto piloto, onde a USB – Unidade de Saúde Básica, a ambulância de emergência do Samu vai contar com equipamento de eletrocardiograma. Esse exame, no momento em que o paciente está no transporte, ele já chega na unidade hospitalar com esse exame já realizado, o que adianta o fluxo de atendimento, e muito. Pará de Minas foi o município escolhido e ficamos muito gratos com essa surpresa. Já está em fase final de conjugação entre o sistema e o software que vai administrar esse resultado do exame,” conta Wagner.

PONTOS DA REUNIÃO - “Um outro ponto que discutimos também, por se tratar de um consórcio, é que o Cisurg já vem realizando procedimentos cirúrgicos de média e até alta complexidade no HNSC – Hospital Nossa Senhora da Conceição, com cirurgias que já estão cadastradas no Sus Fácil, na área da ortopedia, que é uma demanda muito extensa que o município tem, e fomos pactuar com o consórcio para que possamos, além desses pacientes que estão cadastrados no Sus Fácil, pactuar também que sejam realizados esses procedimentos com os pacientes que estão na nossa fila. Discutimos também sobre a unidade avançada, que o consórcio está preparando a equipe para receber a unidade, que já foi comprada, e falta uma autorização do Ministério da Saúde para a liberação desse veículo para cá e o treinamento da equipe.”


Mais da Gazeta