Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1930
Pará de Minas 12/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Credibilidade e imparcialidade em jornalismo é com a GAZETA!”
GABRIEL JOSÉ BARBOSA PALOTTI, administrador e Garra Profissional 2021 no agronegócio

Notícias Variadas

NÃO VÁ PEGAR O CORONAVÍRUS, LOGO AGORA

Neste momento, o país vive um aumento expressivo no número de casos e de óbitos por covid-19, justamente nas festas de Natal e rèveillon que, por tradição, são duas festas que reúnem muitas pessoas. A OMS - Organização Mundial da Saúde recomendou que a aposta mais segura é não realizar, de jeito nenhum, essas reuniões familiares neste ano. Festas de rèveillon, com aglomeração, também não são recomendadas. Se a sua família for se reunir com outros núcleos familiares, desde que morem em um mesmo núcleo (casa), vale a pena tomar alguns cuidados para minimizar os riscos, como estes: * Limite o número de convidados a 30%, de acordo com o total que caberia no espaço; * Evite aglomerações e mantenha distância entre os participantes; Não se esqueça de usar máscara, o tempo todo; * Dê preferência a locais abertos ou bem ventilados; * Evite ar condicionado; * Evite apertos de mãos e abraços; * Lave as mãos com frequência, com água e sabão ou álcool, durante todo o evento; * Não compartilhe objetos, como talheres ou copos; * Após tocar em objetos compartilhados (utensílios de servir, jarra e garrafas), lave as mãos; * Evite música alta para que as pessoas não tenham que gritar ou falar mais alto. Isso, porque se alguém estiver contaminado, ao gritar lançará um número maior de partículas virais no ambiente; E, finalmente, * não deixe que os convidados formem filas para serem servidos. 

Mais da Gazeta