Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Giro Policial

QUEIMADAS QUE NÃO SE ACABAM

* O Corpo de Bombeiros local foi acionado para combater um incêndio florestal próximo ao assentamento do MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, em Tavares/MG. No local, os militares constataram inúmeros focos de fogo, em toda a região. Devido à grande proporção, foi necessário priorizar, de forma estratégica, o combate aos locais próximos a galpões e residências. O combate durou mais de 5 horas. * Pouco tempo depois, o Corpo de Bombeiros foi novamente acionado, pois havia diversos focos de incêndio às margens da rodovia MG-352, próximo ao Cores de Minas. No local, devido à alta vegetação e as árvores, as chamas chegaram a mais de 10M de altura. Os militares realizaram o combate, principalmente próximo a um galpão de criação de frangos, atentando-se ao risco de explosão, já que havia 8 cilindros com GLP - Gás Liquefeito de Petróleo, com 190KG cada. Foram utilizados cerca de 15.000 litros de água em ambas as ocorrências, que queimou uma grande área de aproximadamente 55 hectares. 

Mais da Gazeta