Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Coronavírus

REPRESENTANTES DE ACADEMIAS FAZEM MANIFESTAÇÃO E PROCURADOR PROMETE REIVINDICAÇÃO AO GOVERNO

Na manhã de 2ª feira, 10, representantes de academias e população estiveram na porta da prefeitura para manifestarem contrários ao fechamento das academias, após Pará de Minas passar a fazer parte do Minas Consciente e estar na Onda Amarela. Na porta da prefeitura eles cantaram o hino nacional e depois deram a volta pela rua Benedito Valadares, com carro de som e escoltados pela PM. A reportagem GP esteve presente e conversou com a proprietária de uma academia da cidade, Maria Diniz. Acompanhe.

“A gente entrou em contato com várias academias e todas estão muito desapontadas com o que foi resolvido pela prefeitura. Fizemos uma manifestação consciente, tranquila, para ver se conseguimos “amansar” o coração dos nossos governantes e mostrar que academia não é lazer, e sim saúde. Acho que isso deve ser olhado com carinho, pois todas as academias estavam funcionando dentro dos protocolos e não vemos razão para ficarem fechadas. É uma reivindicação mais do que justa,” afirma Maria Diniz.

REIVINDICAÇÃO - A reportagem GP conversou também com o procurador geral do município, Hernando Fernandes. Veja.

“Nós vivemos em um estado democrático de direito e acho que toda manifestação tem um objetivo e essa das academias eu acho muito plausível, pois foi uma manifestação pacífica. É importante destacar que o município tem feito de tudo para atender a preocupação com a vida e também a situação do município, para que todos continuem trabalhando. Estamos preparando documentos reivindicando ao governo, Comitê de Enfrentamento, e a Secretaria Estadual de Saúde, para que as academias sejam classificadas na Onda Amarela. Isso nós podemos e vamos fazer. Recebi inúmeros proprietários de academias na procuradoria e todos sabem do nosso apoio. Faremos tudo que for possível para que seja liberado esse funcionamento. Isso tem que ser feito de forma legal e ser colocado no próprio plano, o governo tem que autorizar. Sabemos que nossas academias tem seguido rigorosamente tudo que foi descrito nos nossos decretos e por isso nossa busca é a defesa para a reabertura das academias,” afirma Hernando.

ACADEMIAS ABERTAS? - Leitores GP ligaram para a seção Grito Popular, denunciando que havia academias de natação e pilates abertas. Diante disso, a reportagem GP fez novo contato com o procurador, Hernando Fernandes. Fique por dentro.

“Acredito que esses estabelecimentos que estão funcionando sejam registrados como Atividade de Ensino de Esporte, o que é permitido no Minas Consciente. Nesse caso, o estabelecimento tem que ter o CNAE - Classificação Nacional de Atividades Econômicas, devidamente registrado,” explica Hernando.

Mais da Gazeta