Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1918
Pará de Minas 20/05/2022


exclusivo

GANHO PESSOAL

exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

CANTORA LOCAL VAI DIRETO PARA A FINAL DO CANTA COMIGO

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

QUEM FOI

NELSON ALVES MARZAGÃO?
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Todo esforço merece reconhecimento e o GP Jornal sabe valorizar cada um de nós, como ninguém!”
VITOR DOS SANTOS SILVA, estudante de educação física.

Notícias Prefeitura

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Hoje, 6ª feira, 12, é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Atenta à data, mas impedida de realizar eventos ou ações presenciais devido às recomendações de distanciamento social necessárias ao enfrentamento da covid-19, a secretaria de assistência social vai alertar os pará-minenses contra a ilegalidade da prática, de forma virtual. A secretaria, por meio dos 3 Cras - Centros de Referência de Assistência Social e do Creas - Centro de Referência Especializado de Assistência Social, realiza um trabalho contínuo com o objetivo de evidenciar os malefícios do trabalho infantil no desenvolvimento de crianças e adolescentes, estimulando o cenário social e promovendo meios de enfrentamento desta problemática. Esses equipamentos públicos atuam na prevenção, no combate e na identificação das formas existentes de trabalho infantil, especialmente as mais prejudiciais. O trabalho precoce de crianças e adolescentes interfere diretamente no seu desenvolvimento educacional, físico, emocional e social. Os equipamentos públicos atuam na prevenção, no combate e identificação das formas existentes de trabalho infantil, especialmente as mais prejudiciais. Uma das formas utilizadas para garantir a sobrevivência das famílias é a sua integração com o programa Bolsa Família e demais serviços públicos do município. As famílias atendidas recebem orientação e suporte técnico para garantir a proteção das crianças e adolescentes. É importante destacar que o trabalho da assistência envolve não só a prevenção, mas também a proteção social. A reportagem GP conversou com a responsável pelo Cras, Angélica Varela. Veja.

“A pandemia que hoje estamos enfrentando é mais um agravante para o aumento considerável do trabalho infantil. Pedimos aos pais e responsáveis para que redobrem as atenções no dia a dia de seus filhos, para que eles não se envolvam com o trabalho infantil e com outras atividades que podem prejudicá-los,” recomenda Angélica.

Mais da Gazeta