Selo GP - Rodrigo Roreli Laço
Fundação:
Francisco Gabriel Bié Barbosa
Alcance, credibilidade e
imparcialidade,
desde 84
ANO 38 - Nº 1930
Pará de Minas 12/08/2022


exclusivo

GIRANDO POR AÍ

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

GOSTOSURAS PRÁTICAS

exclusivo

SOCIEDADE GP

exclusivo

GENTE PEQUENA

exclusivo

GALERA PARTICIPANTE

exclusivo

GOTA POÉTICA

exclusivo

GRANDE PATRIMÔNIO

exclusivo

GALERA PLANTONISTA

exclusivo

GRITO POPULAR

exclusivo

GENTE PENSANTE

exclusivo

MAIS UMA VEZ, SEÇÃO GRITO POPULAR MOSTRA SUA FORÇA

exclusivo

UNIVERSO FAPAM

exclusivo

GERANDO PERGUNTAS

exclusivo

GOL DE PLACA

exclusivo

HISTÓRIA DE VIDA

OLINDA MARIA STAIN, 81
Adoro o GP Jornal

TÁ NA GAZETA? TÁ NA HISTÓRIA!

“Credibilidade e imparcialidade em jornalismo é com a GAZETA!”
GABRIEL JOSÉ BARBOSA PALOTTI, administrador e Garra Profissional 2021 no agronegócio

Notícias Variadas

PELO AUMENTO DA PLATEIA NA CÂMARA

O OSB - Observatório Social do Brasil local está abraçando nova causa, com o objetivo de estimular ainda mais o exercício da cidadania no município. O desafio agora é aumentar a representatividade e a participação nas reuniões semanais da câmara municipal, realizadas nas noites de 2ª feira. A iniciativa partiu do presidente da entidade, Carlos Daniel de Souza, que, ao frequentar as reuniões, percebeu a pequena participação popular.As pessoas gostam de criticar os homens públicos, mas, infelizmente, não demonstram interesse em conhecer o trabalho deles, para cobrar mais. Na tentativa de mudar essa situação, a diretoria do OSB está convocando as entidades representativas a enviarem seus membros para a câmara. Veja o que ele disse à reportagem GP.

“Se fortalecermos a plateia, estaremos mais próximos da realidade de Pará de Minas, já que tudo passa pela política e, nessa condição, não podemos nos omitir, principalmente agora, em 2020, que é um ano eleitoral. O OSB já levou a sua carta-proposta ao CDL, Ascipam e 18ª Subseção da OAB e pretende convidar muitas outras entidades ainda, nas próximas semanas. O revezamento delas também permitirá uma avaliação mais ampla sobre a atuação da câmara, pois cada grupo de representantes da sociedade civil tem foco em um segmento específico. Assim, a multiplicidade de olhares poderá nos dar um embasamento maior e melhor a respeito do que poderemos pleitear para a nossa comunidade”, acredita Daniel.

Mais da Gazeta