Notícias Prefeitura

17/09/2020 - PROCON ACOMPANHA EVOLUÇÃO DE PREÇOS EM ESTABELECIMENTOS DA CIDADE

Facebook Twitter Google

Como já é de conhecimento geral, a imprensa tem noticiado o aumento nos preços dos itens que compõem a cesta básica, sobretudo, arroz, feijão, leite e óleo, em todas as regiões do país. Essas alterações têm como consequência fatores que influenciam toda a cadeia produtiva, e estão relacionados à pandemia do coronavírus, à situação de calamidade pública, à valorização do dólar, à sazonalidade da safra, ao aumento das exportações e ao crescimento da demanda interna. Fatores que fogem do controle dos donos de supermercados, mercados, padarias e congêneres de Pará de Minas. Vale lembrar que, de acordo com o que dispõe o art. 39, X do Código de Defesa do Consumidor, o que caracteriza a prática abusiva é o aumento, sem justa causa, do preço do produto com intenção de obter vantagem (lucro exagerado). O Procon tem acompanhado a evolução dos preços em diversos estabelecimentos da cidade e sugere aos consumidores que, até a normalização dos preços, que deem preferência a novas e diferentes marcas, pois, produtos como arroz, feijão, leite e óleo, sofrem variações de preços de acordo com a marca. Por exemplo, numa cotação de preços realizada pelo Procon, o preço do pacote de arroz tipo 1 de 5KG foi cotado por R$ 14,90 até R$ 26,80, de acordo com a marca. O Procon reafirma o seu compromisso com os consumidores e informa que as denúncias, reclamações e dúvidas podem ser encaminhadas para o email procon@parademinas.mg.gov.br ou pelos telefones (37) 3231-9292, (37) 3231-9226.

Veja também


 1 2 3 4 5 6 Fim