Colunistas

Bié Barbosa

Bié Barbosa BIÉ BARBOSA, jornalista e publicitário (UFMG), nascido em Pará de Minas em 22/11/53, é casado com Maíza Lage com quem tem 4 filhos. SEU LEMA: “O SENHOR É MEU PASTOR, NADA ME FALTARÁ”!



30/07/2020 - GENTE PENSANTE

GENTE PENSANTE

VEJA
NA EDIÇÃO 1826: NAS BANCAS DE 31/07 A 06/08.



Veja também a
crônica deste mesmo colunista da edição 1825 abaixo: 

AFINAL, QUE COR TEM UMA PESSOA DA RAÇA NEGRA?

Perto do moderno ponto de ônibus que se inclina para os passageiros nele entrarem e descerem, pessoas jovens, de variados países, conversavam em inglês. A maioria ali tinha esse idioma como 2ª língua, facilitando a comunicação entre eles. Era um grupo de 7, sendo um nativo, 2 chineses, 3 indianos e um africano. Já se passavam das 12 horas e todos eles tinham exatamente 60 minutos para almoçar ou fazer um lanche e voltar para a escola, onde estavam estudando inglês, exceto o nativo, que estudava espanhol. Conversavam sobre o tema da aula matutina - o racismo - provocado pelo estúpido assassinato, por um policial, do americano negro George Floyd. O nativo começou a conversa:

- É incrível pensar que nos dias de hoje ainda há pessoas que se consideram melhores que outras por uma simples questão da cor da pele.

A chinesa acrescentou:

- E isso não acontece apenas em relação dos brancos com os negros. Eu, por exemplo, tenho a pele amarela – por ser asiática - e sinto também, muitas vezes, que sou excluída dos grupos, inclusive na nossa sala de aula.

Um dos indianos concordou:

- A cor da minha raça não é branca, nem amarela, nem negra. Somos considerados roxos (riso) e o preconceito maior contra o nosso povo, acredito, é em relação à nossa religiosidade e também ao modo de nos vestirmos.

O negro que a tudo ouviu, atentamente, mas sem se pronunciar, finalmente falou:

- Apesar do mundo inteiro falar que eu pertenço à raça negra, não gosto desse termo, porque eu me considero é preto mesmo (riso). Para mim, pouco importa se a pessoa é da cor preta, tipo 100%, ou mestiça, a partir de 10%. Somos todos pretos! Inventaram essa bobagem de raça negra e eu acho o termo muito preconceituoso. Vejam bem: você que é branco é só branco. Essa é a sua cor. Não pertence à uma raça chamada, por exemplo, branquela (risos). E vocês da cor amarela? A raça de vocês, por acaso, é amarelada? E ainda vocês, roxos, seriam da raça roxeada? Balela! Raça negra uma ova! Eu sou é preto e ponto final! Essa é a minha cor! (aplausos e assovios).

E você, concorda com esse diferente raciocínio sobre raças? Uma boa leitura!

Veja também


 1 2 3 4 5 6 Fim