Colunistas

Bié Barbosa

Bié Barbosa BIÉ BARBOSA, jornalista e publicitário (UFMG), nascido em Pará de Minas em 22/11/53, é casado com Maíza Lage com quem tem 4 filhos. SEU LEMA: “O SENHOR É MEU PASTOR, NADA ME FALTARÁ”!



04/06/2020 - GENTE PENSANTE

GENTE PENSANTE

VEJA
NA EDIÇÃO 1818: NAS BANCAS DE 05/06 A 11/06.



Veja também a
crônica deste mesmo colunista da edição 1817 abaixo: 

SONO É PRENÚNCIO DA MORTE OU MOTOR DA VIDA?

No supermercado que tem vendido como nunca vendeu, apesar da crise econômica que já estava afundando o país antes dessa crise maior, que é o coronavírus, a mulher falante encontrou-se com o empresário perspicaz. Ambos, obviamente, usando máscara – ele, preta, e ela, cor de rosa, com as mãos exalando álcool em gel, borrificados na entrada daquele supermercado. A princípio, ele não reconheceu a amiga, quando ela aproximou o carrinho dela do, dele. Ela o reconheceu pelos olhos, mas ele, não. Ela disse:

- Oi fulano!

Ele respondeu com um vago Olá, demonstrando claramente que não a reconhecera. Ela ficou tão sem graça que seguiu em frente, fazendo as suas compras. Ficou até em dúvida se seria ele mesmo. Minutos depois, na fila do caixa, aquele empresário aproximou-se da mulher falante e se desculpou-se:

- Olá, cicrana, eu só percebi que era você que tinha me cumprimentado, lá atrás, aqui na fila...

- Tudo bem, fulano! Está muito difícil, nestes tempos de covid-19 reconhecer as pessoas apenas pelo olhar, com os rostos todos cobertos por máscaras. Missão difícil, ainda mais para nós, 1° grupo de risco: pessoas da 3ª idade (riso), se bem que eu me considero uma garota ainda(riso)!

- Mas você me reconheceu pelo olhar e eu, não. Me desculpe! Deve ser porque acordei agora mesmo. Estava meio que dormindo ainda...

A mulher tagarela interpelou:

- Deus me livre de dormir! Sabe que eu durmo 5 horas e meia por dia? No máximo, 6? Eu gosto é de estar acordada, de viver a vida. Tenho a maior dificuldade para dormir e adoro sair da cama, tão logo amanhece. Quando o galo canta, pela 1ª vez, eu já estou acesa (riso) e pulo da cama. Já ouviu dizer que sono é prenúncio da morte?

O homem respondeu:

- Não, não concordo com isso, ainda mais agora que, com o isolamento social, quando tenho dormido bastante. Durmo cedo, acordo tarde, durmo novamente, após o almoço e, antes das 22 horas, já estou me deitando de novo. Para mim, sono é o motor da vida! Tanto é que quem tem insônia tem que ser medicado. Olha, ouça o meu conselho: se você brigar com o mundo poderá sobreviver. Porém, se brigar com a sua cama, com certeza, vai perder...

E você, acha que o sono é um pré-anúncio da morte ou o motor de nossas vidas? Uma boa leitura!

Veja também


 1 2 3 4 5 6 Fim