Realizações GP

07/07/2017 - 249ª MOSTRA GP: CERÂMICA E PINTURA

A preocupação em valorizar e incentivar a produção artístico-cultural de Pará de Minas sempre foi tônica do jornal gazeta pará-minense que, em junho de 1989, inaugurou a mostra GP, na recepção da Gazeta. Trata-se de um evento bimensal, com exposição dos trabalhos desses artistas (pintura, cerâmica, fotos, poesias, etc).



249ª MOSTRA GP: CERÂMICA E PINTURA

249ª MOSTRA GP: CERÂMICA E PINTURA

Convidada para expor na 249ª Mostra GP nos meses de julho e agosto, a instrutora de artes manuais, ceramista, Eloísa Helena Xavier, 59, que, através do contato com a argila, na infância, ela começou a ter interesse pela cerâmica, mas só começou a se dedicar totalmente a ela, na juventude. Acompanhe.

“Eu trabalho na escola de artes, dou aula de argila, há vinte e cinco anos, e é muito bom poder fazer do nosso trabalho algo que a gente gosta. Há pouco tempo que eu comecei a mexer com telas, com pinturas, mas dou pinceladas com pigmentos naturais. Fico garimpando terra ou peço aos meus alunos para que eles já aprendam e decantamos a terra colorida ou argila colorida, tiro o pigmento e faço a tinta para pintar as cerâmicas ou as telas que são feitas somente com pigmentos naturais. Minhas cerâmicas são somente de argila, pois ela vira cerâmica, depois de queimada,” explica Eloísa.

COMO TUDO COMEÇOU - “Quando eu conheci a escola de artes, me apresentaram os professores Sica e Júlio Pereira (ambos já falecidos) e foi quando me interessei pela modelagem, pegando as técnicas certas de modelagem. Até então, eu fazia tudo de cabeça. Com o Sica, eu passei a gostar de São Francisco de Assis que é o que eu mais gosto de fazer; tenho mais inspiração. Minha família sempre me apoiou. Família sempre fica orgulhosa com pequenas coisas que a gente faz. Esta será a 2ª vez que eu exponho meus quadros e tenho tido boas vendas, já que o meu foco, desde o início, foi a cerâmica. Já trabalhei também com escultura em pedra de sabão. Agradeço por essa oportunidade de expor na Mostra GP, pois a GAZETA foi o 1° veículo de comunicação que mostrou o meu trabalho aqui na cidade. Isso, logo que eu cheguei na escola de artes.”

Veja também


 1 2 3 4